segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Carta da Inês

Escola da Devesinha, 11 de Fevereiro de 2011
Querido Ruben,

Escrevi-te esta carta com muito amor e carinho.
És um amigo divertido e muito brincalhão.
Entrei há pouco tempo na tua turma e logo descobri que és uma boa pessoa e também um colega simpático. Por isso te escrevi este poema:


Meu amigo
Amigo deslumbrante
Deslumbrante como o sol
Sol maravilhoso
Maravilhoso és tu!

Terminando esta carta quero-te dizer que és um amigo fascinante!!!

Da tua amiga
Inês, 4.ºF

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Cantar os reis

No passado dia 20 cantámos os reis para os nossos pais, avós, amigos...
Graças à professora Ana Paula, fizemos um brilharete pois ensaiámos com ela umas cantigas muito "catitas".
Aqui vão fotos da actividade!
Os investigadores de lagoas



terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Festa de Natal

No dia 16 de Dezembro pelas 18.00horas realizou-se a nossa festa de Natal.
Este ano foi o primeiro desde que andamos na escola em que os nossos pais assistiram à festa.
Partilhamos aqui algumas fotos.
Os investigadores de lagoas.


Cerimónia Hastear da Bandeira Eco-escolas


No dia 18 de Novembro foi hasteada a bandeira Eco-escolas na nossa escola.
Durante a semana preparámos tudo para que este dia fosse perfeito. Ensaiámos uma canção com a professora Ana Paula, elaborámos o lema do eco-estudante, elaborámos pequenas bandeiras e enviámos convites aos membros da direcção do agrupamento, Sr. presidente da junta de freguesia de Sto Adrião, vereador da educação e associação de pais.
Chegado o dia ficámos um pouco tristes, pois estava a chover mas mesmo assim a actividade decorreu da melhor forma.
Todos os convidados marcaram presença e no final realizámos um pequeno lanche onde não faltou um eco-bolo.
Aqui vão algumas imagens elucidativas.
Os investigadores de Lagoas.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Cerimónia dos padrinhos e afilhados

Como já sabem neste ano lectivo estamos com os meninos do 1º ano.
Por sugestão da professora Maria José, cada menino do 1º ano ecolheu um padrinho ou madrinha do 4º ano.
Os padrinhos escreveram dedicatórias aos afilhados para serem coladas num livro a oferecer aos meninos do 1º ano .
No dia combinado, a professora Maria José apareceu para desenvolvermos uma actividade muito interessante. Os padrinhos ofereceram os livros aos seus afilhados.
Escolhemos um livro que o padrinho leu e posteriormente os meninos do 1ºano fizeram o reconto oral e ilustraram.
Durante as semanas seguintes trabalhámos com as outras histórias. O padrinho ou madrinha liam e depois os afilhados recontavam oralmente e os padrinhos escreviam.
Foi uma actividade muito interessante!
Aqui vão algumas fotos que ilustram a actividade.
Os investigadores de Lagoas.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Após alguns meses de ausência cá estamos nós de volta! Já tínhamos muitas saudades.
Neste ano lectivo, a nossa turma está um pouco diferente. Tem oito alunos do primeiro ano e doze do quarto.
Temos realizado algumas actividades interessantes como: O hastear da Bandeira Eco-escolas, festa de Natal....
Prometemos em breve apresentar algumas fotos dessas actividades.
Até breve.
Os investigadores de Lagoas

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Um conto de humor


No passado dia 15 de novembro fomos à biblioteca da Maricota e ouvimos um conto de humor," O Rei das Pernas Tortas".

No final, foi-nos lançado um desafio: imaginar e ilustrar o Rei das Pernas Tortas.

Aceitámos a tarefa!

Hoje, na biblioteca, procedemos à apresentação e escolha do Rei das Pernas Tortas da turma.

Após a apresentação dos trabalhos, foram excluídos os que não obedeciam ao critério estabelecido: bicos de pés juntos, joelhos para fora e pés para dentro.

Foram apurados quatro ilustrações.

Após votação, foi escolhido o trabalho do nosso colega Paulo Abílio com 17 votos, por ter conseguido ilustrar o rei de forma expressiva e de acordo com o conto.

Ora vejam!!!

OLÁAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!


Já fomos sementinhas e germinámos devagarinho...
Passámos a sementes porque aprendemos mais um pouquinho!
Agora, finalistas, viramos supersementinhas mas...
A ver vamos ...se frutificamos!!!
Quer dizer...se passamos!!!
Se passamos???
De ano claro e... a Escola Básica Mª de Lurdes deixamos!!!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

De Volta!!!

Após alguns meses de silêncio voltamos.

Renovados, com novos autores e participações, para partilhar com o mundo tudo o que fazemos na sala de aula e nas nossas escolas.

Partilhamos um vídeo do Menino Maluquinho...uma doçura...espreitem!!!

Estejam atentos!







quarta-feira, 14 de julho de 2010

quarta-feira, 7 de julho de 2010

UFFF...Férias...

Queridos Amiguinhos, colegas e visitantes.Prometemos ser breves neste período de descanso e voltar com todo o vigor

As férias

sexta-feira, 16 de abril de 2010

A escrita - textos biográficos

Nesta 3ª sessão do PNEP II, foi proposto aos alunos dos 3º e 4º anos a construção de biografias.
Como motivação foi apresentado um vídeo, retirado do youtube (http://www.youtube.com/watch?v=NpHg6-dPohc), sobre o atleta Nelson Évora e os alunos tiraram notas sobre o que foram ouvindo.
No fim, os alunos falaram sobre os registos que fizeram e chegaram à conclusão que aquela informação servia para construir a biografia do referido atleta.
Em seguida leram no manual uma pequena autobiografia de Sophia de Mello Breyner Andresen e foi explorado com os alunos a estrutura de um texto biográfico.
Posteriormente foi distribuído um envelope a cada grupo (6 grupos de 3 elementos). Este envelope tinha informação sobre a personalidade a biografar, uma ficha para rascunho (planificação e textualização) e uma folha de papel de cor diferente para o trabalho final (registo da biografia – após a revisão). Continha também fotografias das personalidades para elaborar o cartaz final.
Os alunos em grupo leram, seleccionaram a informação e fizeram o seu registo para a construção da biografia (planificação, textualização e revisão).
As biografias propostas foram: Cristiano Ronaldo, Vanessa Fernandes, Miley Cyrus (Hannah Montana), Luís Figo, Nelson Évora, José Fanha.
Os alunos registaram o trabalho final na folha de cor diferente (após a revisão) e construíram cartazes para expor no placar do hall de entrada da sala.
Também passaram as biografias no PC Magalhães.

EB Enxertos - Turma G

Aqui ficam os nossos trabalhos:


biografiasalunos

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O Prazer de Escrever

O Ciclo da Escrita

Na aula do PNEP, demos continuidade à aula anterior… Começámos por ler os trabalhos já elaborados, mas é claro que treinámos um pouco a nossa leitura, para lermos com mais expressividade. Uns cantaram, outros representaram…

Logo de seguida, a professora Paula deu-nos uma folha onde tínhamos de seleccionar dez vocábulos do texto apresentado e construir um novo onde essas palavras estivessem incluídas. Os que na outra aula produziram poesia passaram a elaborar texto narrativo, os que tiveram texto de teatro passaram a escrever poesia e os que tiveram texto narrativo passaram a produzir texto de teatro.

Seguidamente, desenvolvemos o Ciclo da Escrita: a planificação, a textualização, a revisão e o texto final…

Também acabámos esta aula apresentando os diversos textos produzidos pelos diferentes grupos.

Esta aula foi divertida com a formadora professora Maria José e a nossa professora Paula Pacheco.

Agora temos aqui os textos que produzimos… Esperamos que gostem…
Ciclo da Escrita

José Fanha

 Tentando "descobrir" José Fanha,e depois de alguma investigação, o João do 4ºano da EB1 Mª de Lurdes desenhou  desta forma o nosso escritor.

Posteriormente, e brincando com as palavras,
os alunos tentaram ilustrar  José Fanha em forma de poesia....

Homem dedicado em ser professor,
É engraçado e também escritor!
Homem perfeito?
É porreiraço!!!
Homem dos sete ofícios?
Usa um belo bigodaço!
Pitoresco e criativo,
Parece ser fixe e muito "cool"!
Disso, nós precisamos...
Para a leitura e escrita saborearmos!!!...
                                    ( Poema colectivo,4ºD-EB1 Mª de Lurdes)

quarta-feira, 31 de março de 2010

Feliz Páscoa!!!


A todos desejamos uma Santa e Doce Páscoa!



terça-feira, 9 de março de 2010

O Inverno

Cá estamos nós de novo com mais novidades.
Nesta aula do PNEP "construímos o mapa semântico do Inverno. Com os contributos de toda a turma elaborámos este texto colectivo. Foi uma experiência agradável e aprendemos muito.
Os investigadores de Lagoas


O Inverno1

sexta-feira, 5 de março de 2010

Produções-Fábrica de Histórias

O prometido é devido!
Aqui estão as nossas narrativas realizadas na actividade" Fábrica de Histórias".
Fomos os operários,escolhemos as matérias primas e demos asas à nossa imaginação.
Por vezes era inacreditável o que estávamos a construir mas, nas histórias, no nosso pensamento, no nosso mundo imaginário descobrimos que tudo é possível e então...criámos e voámos nas asas da criatividade!!!

fábrica histórias-Produções

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Cá estamos nós de novo para partilhar mais uma experiência espectacular. Nesta aula do PNEP fomos operários da Fábrica de Histórias. Misturámos todos os ingredientes e o resultado foi surpreendente. Partilhamos agora algumas imagens da actividade e posteriormente publicaremos alguns trabalhos... Até breve.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Bingo do conhecimento

No dia 11 de Janeiro realizámos, no âmbito do PNEP, uma actividade de ortografia. Foi muito enriquecedora, divertida e formativa. A actividade era um ‘’Bingo do conhecimento” que consistia em realizar oito tarefas ’’A, B, C, D, E, F, G e H”.
Tínhamos regras como em todos os jogos que eram as seguintes:
1ª Aguardar o sinal da professora antes iniciar cada tarefa;
2ª Os alunos só poderão comunicar com os participantes da sua equipa;
3ª Os alunos não devem deixar de realizar nenhuma tarefa. Em caso de dúvida, deverão consultar a sua equipa ou a professora;
4ª Cada equipa tem um tempo estipulado para realizar cada tarefa;
5ª Vencerá a equipa que realizar as tarefas com correcção e no tempo determinado.
A professora entregou-nos uma cartolina com um tabuleiro para fazermos as respectivas tarefas. Haviam 6 equipas de três elementos cada uma. Começou o jogo. A professora dava um pequeno cartão com a tarefa a realizar da cor e letra respectiva.No fim da cada tarefa discutíamos a sua realização, reflectíamos sobre os resultados,  em  que tínhamos falhado, o porquê e como  deveríamos ter agido.
O jogo correu bem e divertimo-nos muito, pois a actividade era fantástica e ensinou-nos muito sobre a ortografia.

EB1 Enxertos - Turma G/7

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Se eu fosse o Pai Natal...




Se eu fosse o Pai Natal

Se eu fosse o Pai Natal
Dava muitos presentes
As pessoas não ficavam tristes
Mas sim muito contentes!

Se eu fosse o Pai Natal
Nunca desanimava as crianças
Andava de trenó velozmente
E as renas eram mansas.

Se eu fosse o Pai Natal
Mudava de fato todo o dia…
Sim, uns fatos azuis, verdes…
E transmitia alegria!

Se eu fosse o Pai Natal
Voava pelo céu azul
E na noite de Natal
Visitava o Norte e o Sul.

Bruno André
4º ano /Turma H
EB1 Devesinha


Se eu fosse o Pai Natal

Se eu fosse o Pai Natal!
Alegrava toda a gente
Punha-a toda contente
E esse era o meu presente.

Se eu fosse o Pai Natal!
Ia de uma casa a outra
Para todas as crianças
Saberem que sou real.

Se eu fosse o Pai Natal!
Mudava logo de fato
Usava uma farda nova
E ficava mesmo um “gato”!

Se eu fosse o Pai Natal!
Andava noutro trenó
Em vez de renas, cavalos
E um ursinho ao meu lado
Para não me sentir só!

Lúcia Carneiro
4ªano turma H
E.B.1 Devesinha


Se eu fosse…

Se eu fosse o Pai Natal
Não parava de entregar
Presentes maravilhosos
Para as pessoas animar.

Se eu fosse o Pai Natal
Estava sempre a fazer
Presentes multicolores
Para as crianças entreter.

Se eu fosse o Pai Natal
Não parava de cuidar
Das minhas amigas renas
Para elas poderem voar.

Se eu fosse o Pai Natal
Não parava de engordar
Comia…Comia…Comia…
Até quase rebentar.
Claro que estou a brincar!

Diogo Pereira
4.º Ano/Turma H
EB1 Devesinha

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Porque é feriado nacional no dia 1 de Dezembro?

A resposta a esta questão foi o que nos motivou a elaborar um trabalho que apresentámos posteriormente aos alunos dos 1º, 2º e 3º anos da EB1 Enxertos.
Começámos por pesquisar na Internet e encontrámos muitos materiais interessantes.
Depois adaptámos um power point que encontrámos para os diferentes anos e ensaiamos com o Professor Ricardo, que e o nosso professor de música, o hino da restauração da Independência. Resolvemos ainda declamar um poema. Por fim, elaboramos um pequeno folheto para os alunos levarem para casa e explicarem aos pais o porquê de ser feriado. Esta actividade foi realizada em conjunto com o 4º F.

Hino da Restauração

Portugueses celebremos
O dia da redenção,
Em que valentes guerreiros
Nos deram livre a Nação.

A fé dos campos de Ourique,
Coragem deu e valor,
Aos famosos de quarenta,
Que lutaram com ardor.

P’rá Frente! P’rá Frente!
Repetir saberemos as proezas Portuguesas
Ávante, Ávante,
É voz que soará triunfal,
Vá avante mocidade de Portugal,
Vá avante mocidade de Portugal.

Hino em Karaoke:
http://www.youtube.com/watch?v=XlQHG4Q76kw

A nossa apresentação ao 3º ano:
Restauração da Independência 1640-3ano

POEMA

A Restauração
O rei D. Sebastião,
jovem e valente cavaleiro,
quer a economia na mão
e a Marrocos vai primeiro

Lá vai com a sua armada
para contra os mouros lutar.
Desaparece na batalha
e Portugal fica a chorar.

Sucede-lhe o Cardeal D. Henrique
que morre de idade, é um facto.
O povo aclama e quer que fique
nosso rei D. António, Prior de Crato.


Filipe II não se satisfaz,

pois Portugal, nas mãos, quer ter.

Aqui trava lutas e tudo faz

para monarca dualista ser.


Com alguma insegurança,

o povo lá confia.

A monarquia dualista começa

e por sessenta anos fica.


Em 1640,

recuperámos a independência.

Mas Castela, sem clemência,

invade Portugal em tormenta.


Dão-se guerras da Restauração

com D. João IV, o "Restaurador",

Portugal defende com furor

e, em 1668, paz então!

in, Crescer com Versos, Minervina Dias e Elsa Fernandes


segunda-feira, 30 de novembro de 2009

"Tomara já as nossas férias de Natal !"


Uma aula diferente…
Um trabalho a pares;
Um jogo de sílabas, para descobrir o título do texto surpresa;
Um texto surpresa;
Uma leitura expressiva , pela professora;
Um texto com palavras intrusas, para descobrir;
Um registo dessas palavras;
Uma descoberta de palavras diferentes;
Um quadro cheio de palavras sobre as Férias do Natal (Área vocabular);
Uma poesia colectiva da turma.
Que belo trabalho fizemos! 

Foi assim...



A nossa aula

Terminámos a aula com a leitura de uma bela poesia de J. C. Ary dos Santos que aqui deixamos para que todos possam reflectir.


"Estudar é muito importante,
mas pode-se estudar de muitas maneiras…
Muitas vezes estudar não é só aprender
O que vem nos livros.

Estudar não é só ler nos livros
que há nas escolas.
É também aprender a ser livres,
sem ideias tolas.

Ler um livro é muito importante,
às vezes, urgente,
mas os livros não são o bastante
para a gente ser gente.
É preciso aprender a escrever,
mas também a viver,
mas também a sonhar.
É preciso aprender a crescer, aprender a estudar.

Aprender a crescer quer dizer:
aprender a estudar, a conhecer os outros,
a ajudar os outros,
a viver com os outros.
E quem aprende a viver com os outros
aprende sempre a viver bem consigo próprio."




Concurso de Ortografia: «Escrita sem erros»

Nós somos os “Navegadores das Letras”, ou seja, somos os alunos do 4.º ano da turma H, da E.B.1 Devesinha.
Hoje queremos partilhar convosco as actividades que realizámos no passado dia vinte e cinco de Novembro de 2009. Na aula de Língua Portuguesa, participámos no Concurso de Ortografia: «A Escrita sem erros». Para aderirmos a esse concurso, formámos três equipas: “As Estrelinhas Azuis”; “As Estrelinhas Amarelas” e “As Estrelinhas Vermelhas”.
Foi-nos proposta a decoração de uma “Árvore de Natal” mas, para podermos colocar lá uma das nossas estrelinhas, teríamos de conseguir concretizar, com sucesso, os desafios que nos iam sendo propostos. Ficámos mesmo muito entusiasmados com a ideia!
Começámos por ouvir uma canção de André Sardet («Boneca Joana»), a qual prendeu a nossa atenção, pois tratava-se de uma bela melodia! A letra alertávamo-nos para a importância de aceitar a diferença, da solidariedade, de dar carinho, amor… Assim, fomos levados a reflectir um pouco sobre o “Dia Internacional do Portador de Deficiência” (celebrado a 3 de Dezembro), bem como sobre o ambiente vivido nesta época natalícia.
Foram-nos propostos cinco desafios, assim designados: «As Palavras Certas»; «Preenchimento Lacunar»; «Jogo do Loto»; «Proibido Repetir»; «Eu sei escrever sem erros!».
Todos nos empenhámos muito, porque adorámos as actividades que nos foram propostas e, com imenso prazer, quisemos dar o nosso melhor!
O último desafio constou de um exercício de ortografia, no qual procurámos evitar os erros. E, modéstia à parte, até nos saímos muito bem! Para isso contribuiu o trabalho realizado ao longo dos anos… Também foi muito importante a reflexão que fizemos sobre a forma de pronunciar e escrever as várias palavras exploradas nos desafios do concurso em que participámos.
Ah… Querem saber quem ganhou o concurso?! Reparem na “Árvore de Natal” e vejam a cor predominante. É fácil de adivinhar quem foi a equipa vencedora… Mas, afinal, todos nós vencemos, porque todos nós estivemos felizes a aprender!
Na aula do dia 25 de Novembro, ficou provado que, através de um divertido concurso, podemos aprender com alegria e aplicar com segurança os nossos conhecimentos.
É super-interessante explorar o “mundo da escrita”!...

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Jornais


Cá estamos nós com mais novidades.
Desta vez vimos mostrar como reconhecemos a importância da leitura.
Numa das aulas do PNEP, estivemos a ler os jornais do dia.
A nossa professora organizou grupos de quatro alunos e de seguida distribuiu variados jornais do dia.
Livremente explorámos o jornal e lemos as notícias que mais nos chamaram à atenção.
Depois conversámos um pouco sobre as características de cada jornal.
Escolhemos uma notícia que partilhámos com toda a turma e fizemos o resumo nos nossos PC’S Magalhães.
No final imprimimos e elaborámos um cartaz com as notícias do dia.
Esta actividade foi muito importante porque a maioria dos alunos nunca tinha lido o jornal pensando que era muito “chato” e chegámos à conclusão de que afinal pode ser um passatempo bem divertido.
Aprendemos também que a leitura é muito importante no nosso "dia a dia"!


"Investigadores"


Olá , somos os alunos da turma B de lagoas e cá estamos nós, como prometido, com algumas notícias.
Em primeiro lugar queremos informar que já escolhemos o nosso nome: "Investigadores"
No dia 14 de Outubro, numa aula do PNEP, fizemos uma pesquisa na internet sobre a alimentação no nosso PC Magalhães.
Estávamos todos muito ansiosos pois, era uma aula diferente.
A nossa professora deu-nos algumas palavras chave para pesquisarmos a informação necessária sobre o tema. Numa grelha registámos os resultados. No final elaborámos um resumo colectivo no quadro. Com estas informações passámos à realização de um panfleto sobre a alimentação que distribuímos por toda a comunidade escolar no dia 16 de Outubro, dia da alimentação.
Gostámos muito desta actividade.

Aqui fica o panfleto para verem o resultado do nosso trabalho.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

«A Floresta», de Sophia de Mello Breyner Andresen


Nós, os alunos da turma H, da Escola da Devesinha, estivemos a explorar o livro intitulado «A Floresta», de Sophia de Mello Breyner Andresen. Adorámos ler essa história e entrar nas aventuras aí contadas!... Depois de realizarmos várias actividades, fizemos o resumo, o qual queremos partilhar convosco...

A Floresta (resumo)

Capitulo I
Era uma vez uma menina de onze anos, chamada Isabel, que adorava a quinta onde vivia, nos arredores de uma cidade.

Capitulo II
No mês de Outubro, num sábado à tarde, Isabel dirigiu-se a um bosque perto de sua casa e, encontrando um enorme carvalho cujas raízes lembravam pequenas cavernas, resolveu lá construir uma casinha para anões.

Capitulo III
Na quinta-feira seguinte, qual não foi o seu espanto ao ver um verdadeiro anão a dormir profundamente na casa que havia construído.

Capitulo IV
Com o passar do tempo, Isabel e o anão tornaram-se grandes amigos e o
«homenzinho» resolveu contar-lhe a história da sua vida.

Capitulo V
Há mais de dois séculos, quando o anão tinha aproximadamente cem anos, existia ali uma densa floresta que foi invadida por uns bandidos que atacavam e assaltavam todos que por lá passavam…

Capitulo VI
Um dia, a sorte mudou e os bandidos, já velhos cansados e doentes, foram apanhados por uma armadilha e vencidos por um mercador e os seus homens.
O capitão dos bandidos conseguiu escapar e antes de morrer pediu aos frades que viviam no convento floresta que entregassem o seu tesouro escondido a um homem bom que com ele fizesse boa obra.

Capítulo VII
Os frades pediram ajuda aos anões que levaram o tesouro para um quarto subterrâneo, por baixo da capela do convento, e deixaram o anão, amigo de Isabel, responsável por guardá-lo e descobrir quem o merecesse.

Capítulo VIII
Isabel sugeriu ao anão que entregasse o tesouro ao seu professor de música, chamado Cláudio, mas este não o aceitou e declarou que a pessoa ideal para o receber seria o seu amigo cientista Doutor Máximo que estava a tentar transformar as pedras em ouro.

Capítulo IX
O anão e o Cláudio substituíram as pedras pelo ouro, o Doutor Máximo pensou que a sua experiência tinha resultado e prometeu distribuir o ouro pelos pobres, coisa que não agradou nada aos homens poderosos da cidade.

Capítulo X
Na quinta-feira foi decretado feriado e a cidade organizou uma festa em honra do sábio cientista que aproveitou a ocasião para dar o ouro aos pobres.

Capítulo XI
Nessa mesma noite, no laboratório do Doutor Máximo, houve um enorme incêndio que destruiu todos os documentos do cientista que, ao invés de ficar triste, ficou aliviado por se ver livre das preocupações que a riqueza lhe tinha trazido.
Finalmente o anão tinha comprido a sua promessa e estava livre para se juntar ao seu povo nas florestas do Norte.
Mas nunca esqueceria a sua amiga Isabel…

EB1 Devesinha - Turma H - 4.º Ano